Como a Cozy começou…

Nany!
A Nany sempre foi uma gata grande, saúdavel e brincalhona. Mesmo assim, com 11 anos já estava mais do que na hora dela tirar o tártaro dos dentinhos. Parecia uma coisa simples, mas foi aí que nosso pesadelo começou

A clínica que escolhi não era tããão boa quanto eu pensava e a Nany não foi totalmente anestesiada durante o procedimento. Resultado: trauma e stress. Voltei para casa com uma gata totalmente diferente: medrosa, assustada, triste, que não brincava mais e vivia escondida.

Mais do que qualquer coisa no mundo eu queria ver a minha gata feliz de novo. Para encontrar uma solução, comecei a estudar o comportamento animal e, durante esses estudos, acabei lendo muito sobre enriquecimento ambiental. Legal, na teoria eu já sabia o que fazer para a minha gata ser mais feliz: comprar mais brinquedos e brincar mais com ela; comprar um arranhador grande e resistente que permitisse acesso à vista da janela; e, por fim, colocar um feliway na tomada (exalador de feromônio).

Parecia muito fácil, mas na hora das compras eu descobri que em relação ao arranhador eu estava completamente enganada! A maioria deles era feito de sisal (que a Nany detesta), todos eram baixos demais e nenhum parecia compatível com o peso e tamanho dela (minha filhota é grandona!) — alguns até com falhas de segurança. Quando finalmente achei um modelo que parecia atender aos requisitos, levei um susto: custava muito mais do que eu esperava !

Comecei a conversar com alguns amigos e decidi comprar o material necessário e mandar fazer um arranhador do jeitinho dela. E não é que deu certo?! Uma amiga viu e amou, queria um igual para a gatinha dela; depois um outro amigo, e mais um amigo de um amigo, e por aí foi, até o negócio se formalizou, surgindo a Cozy Gatos!


A cada modelo produzido nós descobrimos novas formas de deixar os arranhadores mais divertidos e funcionais. A cada encomenda temos um novo um desafio e de cada desafio surgem novas ideias! Já produzimos arranhadores com caminhas aquecidas, modelos para gatos idosos, gatos gigantes (maine coons), temáticos, entre outros.

Hoje eu sei o quanto nós fazemos gatinhos e gatinhas mais felizes — e seus donos também, é claro!

Voltando à Nany, ela “sarou” do trauma e stress e hoje é novamente uma gata feliz!

>>> cozygatos@gmail.com — diversão e conforto para seus felinos!

8 comentários

  1. Nidi
  2. Ana Dias
  3. Rosimar da Silva Santos
  4. Renata
  5. adriana
×